Blog Minas Casa

Decorando ambientes pequenos

Os internautas que me escrevem no Decorador on line apresentam dúvidas variadas. As perguntas referem-se a ambientes específicos, a cores, a mistura de móveis que pretendem comprar com outros que já possuem, entre outras. Mas as questões mais frequentes estão ligadas à decoração de ambientes pequenos. É que a área interna dos apartamentos vêem diminuindo ao mesmo tempo em que as necessidades funcionais das pessoas vêem crescendo. Se isso já dificulta os projetos, para quem se aventura em montar sua casa sem ajuda profissional, então, o desafio é quase sempre mal sucedido. Mas existem algumas regras que podem ajudar as minimizar os problemas comuns em espaços de dimensões reduzidas.

 

Na hora de escolher os materiais de acabamento, dê preferência àqueles de cores claras e tons neutros: branco, bege e cinza. As cores claras refletem melhor a luz, criando uma sensação de espaço ampliado. E não tenha medo de ficar tudo “bege” demais. Uma base neutra é prática e versátil. Ela vai facilitar a ambientação com móveis e acessórios, onde as cores mais vivas poderão aparecer em itens que possam ser trocados com mais facilidade.

 

A tendência de pisos, como cerâmicas e porcelanatos, em formatos grandes também é muita bem-vinda aqui, bem como as peças retificadas, que permitem o seu assentamento com juntas de dilatação mínimas. Quanto menos rejunte, maior a sensação de unidade.  É claro que não estou me esquecendo das pastilhas de vidro, bem pequenas e muito charmosas! Se usadas com critério, em cores claras e com argamassa em tom não contrastante, estão aprovadas. Também é importante evitar variações excessivas. Escolha um piso para a área social, outro para a área íntima, outro para os banheiros e, cozinha e lavandeira sempre com o mesmo material. Além de criar uma linguagem comum entre os cômodos, assim também economiza-se em material.

 

O mesmo vale para as paredes. Escolha no máximo duas cores, sendo uma para as salas e outra para os quartos. Comece do tom mais claro e vá "escurecendo" aos poucos, criando mais intimidade e aconchego na área íntima. Por exemplo: use branco nas salas e um tom de bege bem clarinho, como o bianco sereno ou o palha, nos quartos. É importante que todas as tintas sejam foscas, o que dá melhor acabamento. Um toque de cor diferente pode aparecer em uma ou outra parede, ou em algum revestimento especial, como papel de parede ou painel de madeira, mas é importante que o conjunto seja harmônico e de baixo contraste entre as cores.

 

Ainda na fase de obra, o gesso acartonado para fazer o rebaixamento dos tetos é um ótimo recurso. Ele permite o uso de luminárias embutidas, que deixam o teto mais “limpo”, além de possibilitar a criação de cenas de iluminação. Recortes no gesso, apenas para sancas e rasgos.

 

Geralmente as paredes têm 15cm de espessura. Essa medida permite a criação de nichos embutidos na alvenaria. Ótima idéia para os banheiros. Dentro dos boxes, os nichos servem para acomodar xampus, cremes e sabonetes de maneira higiênica, confortável e bonita.

 

Vou escrever também sobre mobiliário, acessórios e adornos. No próximo texto. Aguardem!

 

 

FERNANDA BERNI

Designer de Ambientes

(31) 8875 - 2659

Receba nossa News Siga-nos no Twitter Twitter
Facebook
Youtube
©Todos os direitos reservados ao Shopping Minascasa
Horário de funcionamento: de segunda a sábado, de 10:00 às 22:00; domingo, de 14:00 às 20:00
Av. Cristiano Machado, 3411 • Ipiranga • Belo Horizonte • Minas Gerais CEP: 31160-380 • Tel: (31) 3449-6000